Açoreana Seguros

  • Home >
  • Dúvidas Frequentes

DÚVIDAS FREQUENTES

Veja abaixo as dúvidas mais frequentes, por categorias.

Caso não encontre a questão que procura, envie-nos aqui, prometemos ser céleres!

Acidentes Trabalho

No que respeita ao salário mínimo mensal nacional (SMN), se o segurado não tiver actualizado a sua remuneração segura, esta será automaticamente actualizada na data em que a última variação do salário mínimo legal entrar em vigor.
No que respeita às retribuições superiores ao SMN, o segurado deve comunicar à seguradora as respectivas actualizações, sob pena de, em caso de sinistro, a seguradora responder unicamente com base no valor que lhe tenha sido declarado.

Prestar, de imediato, os primeiros socorros ao sinistrado.
A entidade empregadora ou um representante do profissional liberal, quando este se encontre impossibilitado de o fazer, deverá participar o sinistro à seguradora no prazo máximo de 24 horas após a verificação do acidente.
O sinistrado deverá submeter-se a exame pelo médico assistente, designado pela seguradora, e observar as prescrições clínicas e terapêuticas por este formuladas.

Todo o acidente que se verifique no local e no tempo de trabalho e que produza, directa ou indirectamente, lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que resulte redução na capacidade de trabalho ou de ganho ou morte.
É, ainda, acidente de trabalho, todo o acidente que ocorrer:

• No trajecto ou percurso (in-itinere) de e para o local de trabalho;
• Durante o exercício de actividades sindicais;
• No decurso de acções de formação profissional;
• Durante o tempo a que os trabalhadores têm legalmente direito para procurar novo emprego quando esteja em curso um processo de cessação do contrato de trabalho.

As prestações em dinheiro visam compensar a perda de capacidade de ganho ou conferir um apoio financeiro aos familiares do trabalhador falecido em serviço e assumem as seguintes formas:

Em caso de vida:

• Indemnização diária por incapacidade temporária cuja taxa de substituição é de 70% sobre a retribuição efectivamente auferida e declarada pelo tomador do seguro na apólice;
• Indemnização em capital por incapacidade permanente quando o grau de desvalorização for inferior a 30% (capital de remissão de uma pensão anual e vitalícia);
• Prestação suplementar por necessidade de assistência de 3.ª pessoa;
• Pensão provisória por incapacidade permanente desde a data da alta até à data da fixação da pensão vitalícia;
• Pensões vitalícias actualizáveis por incapacidade permanente;
• Subsídio por elevada incapacidade permanente;
• Subsídio para readaptação da habitação.

Em caso de morte:

• Pensões aos familiares, podendo ser beneficiários as seguintes entidades: cônjuge ou pessoa de união de facto, ex-cônjuge ou cônjuge judicialmente separado à data do acidente e com direito a alimentos, filhos, incluindo os nascituros e adoptados plena ou restritamente e ascendentes que estiverem a seu cargo;
• Subsídio por morte;
• Despesas de funeral.

São garantidas, em caso de acidente de trabalho, e sem limite de capital, as seguintes prestações em espécie:

• Assistência médica e cirúrgica, geral ou especializada, incluindo todos os necessários elementos de diagnóstico e de tratamento;
• Assistência farmacêutica;
• Enfermagem
• Hospitalização e tratamentos termais;
• Hospedagem;
• Transportes para observação, tratamento ou comparência a actos judiciais;
• Fornecimento de aparelhos de prótese, ortótese e ortopedia, sua renovação e reparação;
• Reabilitação funcional.

• Dolosamente provocado pelo próprio trabalhador;

• Resultantes da violação, sem causa justificativa, das regras de segurança impostas pela entidade empregadora ou definidas na lei;

• Resultem exclusivamente de negligência grosseira do próprio acidentado;

• Decorram da privação permanente ou acidental do uso da razão, salvo se esta resultar do próprio trabalho prestado;

• Provierem de caso de força maior, isto é que sendo devidos a forças inevitáveis da natureza, independentes da intervenção humana, não constituam risco criado pelas condições de trabalho ou produzido ao executar serviço expressamente ordenado pela entidade patronal, em condições de perigo evidente.

O valor seguro por trabalhador deve corresponder a 12 vezes a retribuição ilíquida mensal, acrescida dos subsídios de férias e de Natal e de outras remunerações anuais a que o segurado tenha direito com carácter de regularidade. Por retribuição ilíquida mensal entende-se tudo o que a Lei considera integrando a retribuição (vencimento base, complementos de antiguidade, risco, subsídio de almoço, prémios de produtividade, etc.) e ainda todas as prestações recebidas com carácter de regularidade e que não se destinem a compensar custos aleatórios (como, por exemplo, deslocações em serviço).

Automóvel

Através deste serviço poderá, com grande rapidez e simplicidade, reparar ou substituir o vidro do seu automóvel.

Para além deste serviço, os clientes Multi Protecção Auto beneficiam gratuitamente da gravação da respectiva matrícula nos vidros do veículo. Esta gravação tem comprovada eficiência na prevenção de roubos.

Os clientes Açoreana que não possuam a cobertura Quebra Isolada de Vidros, beneficiarão de um desconto de 15% na substituição do vidro.

Para utilizar a assistência a quebra de vidros ligue 707 201 467 / 213 800 060, linha disponível das 8h30 às 18h00, de segunda a sexta-feira.

• O preenchimento da deve ser efectuado no local do acidente;
• Deverá ser utilizado um impresso no caso de sinistro com 2 veículos, dois impressos para o caso de serem 3 veículos, etc.
• Indicar com o máximo de precisão o que for solicitado nos diversos itens.
• Em caso de não existir acordo quanto ao preenchimento da D.A.A.A., deve ser solicitada a intervenção das autoridades, para que elaborem o respectivo auto de ocorrência.
Quando um dos veículos que intervém no acidente possui matrícula estrangeira, deverá ser contactado o Gabinete Português da Carta Verde (tel. 213 848 101).
Deverá dirigir-se rapidamente à esquadra de Polícia mais próxima e participar a ocorrência. Solicite uma cópia da participação e entregue-a ao seu Agente ou numa dependência da sua seguradora.
Verificar a validade da Carta Verde e se a mesma é válida para o período em que realiza a viagem. As coberturas do seu seguro podem ser accionadas em todos os países da União Europeia. No entanto, caso os países que pretende visitar não pertençam à União Europeia, poderá beneficiar das garantias solicitando uma extensão territorial.

Em caso de sinistro, quer a responsabilidade seja sua ou de outro condutor envolvido, deverá:

Obter os elementos de identificação dos envolvidos - condutor e veículo - no local do acidente, bem como o nome da companhia e número da apólice.
Identificar nomes e contactos das testemunhas oculares.
Preencher a Declaração Amigável de Acidente Automóvel (D.A.A.A.) - fornecida com os restantes documentos do seguro - que deverá ser assinada pelos envolvidos.
Entregar a cópia da D.A.A.A. na sua seguradora ou ao seu Agente de Seguros, e proceder à participação do sinistro.
Como preencher o impresso da Declaração Amigável de Acidente Automóvel (D.A.A.A.)?

O preenchimento da deve ser efectuado no local do acidente;
Deverá ser utilizado um impresso no caso de sinistro com 2 veículos, dois impressos para o caso de serem 3 veículos, etc.
Indicar com o máximo de precisão o que for solicitado nos diversos itens.
Em caso de não existir acordo quanto ao preenchimento da D.A.A.A., deve ser solicitada a intervenção das autoridades, para que elaborem o respectivo auto de ocorrência.
Como proceder em caso de furto ou roubo?

Em caso de furto ou roubo do veículo deverá dirigir-se rapidamente à esquadra de Polícia mais próxima e participar a ocorrência. Solicite uma cópia da participação e entregue-a ao seu Agente ou numa dependência da sua seguradora.

Assistência a Quebra Isolada de Vidros

Através deste serviço disponível 7 dias por semana poderá, com grande rapidez e simplicidade, reparar ou substituir o vidro do seu automóvel.

Para além deste serviço, os clientes Multi Protecção Auto beneficiam gratuitamente da gravação da respectiva matrícula nos vidros do veículo. Esta gravação tem comprovada eficiência na prevenção de roubos.

Os clientes Açoreana que não possuam a cobertura Quebra Isolada de Vidros, beneficiarão de um desconto de 15% na substituição do vidro.

Para utilizar a assistência a quebra de vidros ligue 808 246 246, linha azul disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Consulte aqui a localização do AUTOVER PARTNER mais próximo de si.

O que fazer se algum dos envolvidos no sinistro não possuir um seguro?

Se algum dos envolvidos não possuir um seguro automóvel, os restantes intervenientes deverão recolher todos os elementos de identificação do condutor e do veículo, confirmar a inexistência de seguro através do Departamento de Apoio ao Consumidor do ISP e, caso a inexistência se confirme, recorrer ao Fundo de Garantia Automóvel.

O que deverá fazer sempre que viajar para fora do país?

Deverá verificar a validade da Carta Verde, e se a mesma é válida para o período em que realiza a viagem. As coberturas do seu seguro podem ser accionadas em todos os países da União Europeia. No entanto, caso os países que pretende visitar não pertençam à União Europeia, poderá beneficiar das garantias solicitando uma extensão territorial.

Como proceder em caso de acidente com um veículo de matrícula estrangeira?

Quando um dos veículos que intervém no acidente possui matrícula estrangeira, deverá ser contactado o Gabinete Português da Carta Verde (tel. 213 848 101).

Os restantes intervenientes deverão recolher todos os elementos de identificação do condutor e do veículo, confirmar a inexistência de seguro através do Departamento de Apoio ao Consumidor da ASF e, caso a inexistência se confirme, recorrer ao Fundo de Garantia Automóvel.

O capital a contratar para efeitos das coberturas de danos próprios deve corresponder ao valor do veículo (preço de venda, quando novo; valor actualizado, de acordo com a tabela de desvalorização, para veículos usados).

Nos termos da Lei, o capital de danos próprios é automaticamente actualizado em cada período seguro, de acordo com a tabela de desvalorização que consta da apólice.

Habitação

O seguro realizado através do condomínio não garante o recheio da sua habitação, apenas garante o edifício, pelo que sugerimos a contratação adicional do Açoreana Conforto para o recheio (conteúdo) da sua habitação.

Se adquirir novos bens ou efectuar melhoramentos à sua casa, deverá actualizar os capitais seguros de forma a garantir que, em caso de acidente, a indemnização seja adequada à totalidade dos danos ocorridos.

No caso do edifício deve acrescentar ao valor seguro o valor dos melhoramentos e benfeitorias que tenha acrescentado.

Na versão Açoreana Conforto Total, apenas precisa de garantir que o valor seguro continua a ser superior ao valor real do recheio da sua casa para assegurar a sua protecção total.

A determinação do capital a segurar, ou capital seguro, é sempre da responsabilidade do tomador de seguro.

Em relação ao Edifício/Imóvel o valor a segurar deve ser o valor de reconstrução do edifício. Para isso, apura-se a área útil do edifício e multiplica-se pelo valor de construção/m2, definido todos os anos por portaria do Ministério da Obras Públicas, para os diversos concelhos no país.

Há ainda a ter em conta que:

• Os valores indicados nesse normativo legal referem-se a uma construção de qualidade mediana, pelo que se a qualidade de construção do imóvel for de qualidade (ou acabamento) superiores, deve incrementar os valores da portaria de acordo.
• Podem ainda influenciar este valor as benfeitorias (normalmente feitas após a compra do imóvel).
• O valor do terreno não deve ser incluído.
• No caso de imóveis em regime de propriedade horizontal, ao valor obtido acima deve adicionar-se 25% a 30%, normalmente suficientes para a respectiva quota-parte das áreas comuns.

Basta indicar-nos o número de assoalhadas, se alguma delas tem mais de 30 m2 e o concelho da sua residência e nós efectuamos uma estimativa do seu valor. Poderá aceitar essa estimativa, aumentá-la ou diminuí-la de acordo com as características construtivas do edifício.

Na versão Açoreana Conforto Total, se aceitar a estimativa ou a aumentar, não aplicamos a regra proporcional usada no mercado, ou seja, indemnizamos os bens seguros pelo seu valor real, até ao limite do capital seguro.

Caso contrário, poderá ser reduzida à indemnização a proporção entre o valor real de todos os bens e o valor total seguro (regra proporcional).

O seu seguro inclui a cobertura de assistência e a Açoreana disponibiliza-lhe uma linha de atendimento permanente (cujo telefone é 707 20 12 48 / 217 984 000).
Em qualquer caso deverá, desde logo, socorrer-se de todos os meios ao seu alcance para reduzir ou evitar o agravamento dos prejuízos decorrentes do sinistro e salvar os bens seguros. Não deve remover ou alterar quaisquer vestígios do sinistro. Importa promover a guarda, conservação e beneficiação dos salvados. Deve desenvolver todas as diligências ao seu alcance a fim de identificar eventuais responsáveis pela ocorrência em causa e transmitir essa informação aquando da participação do sinistro. No caso de furto ou roubo deverá apresentar, de imediato, queixa às autoridades competentes, descrevendo e quantificando os objectos furtados ou roubados de que seja vítima, fornecendo à seguradora um documento que o comprove.

Em relação ao Recheio/Conteúdo o valor a segurar deve ser equivalente ao custo de substituição em novo dos bens que tem em casa. Importa não esquecer determinados bens, tais como livros, CD's, roupas, toalhas, faqueiros e outros, que podem ter um valor importante.

Deve ter ainda em atenção que alguns bens devem ter uma valorização especial e devem ser detalhados: é o caso de objectos de ouro, prata e outros metais preciosos, jóias, relógios, entre outros.

Na versão Açoreana Conforto Total, no seguro do conteúdo nunca é aplicada a regra proporcional usada no mercado, ou seja, indemnizamos os bens seguros pelo seu valor real, até ao limite do capital seguro.

Nesta versão, também não necessita de valorizar todos os bens seguros do conteúdo, basta escolher o valor máximo de indemnização de entre os 5 que disponibilizamos. Este valor é o máximo que pagaremos no caso de um sinistro que danifique todo o conteúdo e deve apenas garantir que é superior ao valor real do recheio da sua casa para assegurar a sua protecção total.

O Açoreana Conforto é um produto muito robusto, o que significa que inclui as coberturas mais importantes para a sua protecção assim como as coberturas mais frequentes no mercado.

Por exemplo, inclui a garantia de Danos por água assim como a Responsabilidade Civil do Proprietário e a Pesquisa de avarias e roturas; segura contra Efeitos directos da corrente eléctrica (picos de electricidade) em aparelhos eléctricos; abrange Assistência ao lar e Danos estéticos no edifício.

Estão ainda disponíveis algumas coberturas que pode contratar apenas se for do seu interesse.

Para além disso, apostamos na qualidade do serviço que lhe prestaremos caso venha a ter um sinistro. Comprometemo-nos a ser rápidos e pontuais: marcamos peritagem no máximo de 48 horas úteis, comprometemo-nos que o perito chega a horas e enviamos-lhe um técnico em 2 horas em caso de sinistro. Se não cumprirmos, indemnizamo-lo.

Queremos simplificar a sua vida: se o sinistro tiver valor inferior a 1.750 Euros, não será aplicada a regra proporcional e indemnizaremos o valor dos bens seguros até ao valor do capital seguro.

Em qualquer opção que escolha está disponível uma cobertura adicional que garante veículos em garagem pertença ou anexa ao imóvel seguro, contra os riscos de incêndio, raio, explosão, furto ou roubo.

Para segurar um automóvel na garagem terá que segurar o conteúdo da habitação.

O Açoreana Conforto tem a vantagem de permitir descontos no valor do prémio sempre que exista instalação de sistemas de segurança, nomeadamente a existência de alarme, fechadura de alta segurança (tipo sem canhão), porta blindada ou sistemas automáticos de detecção de incêndio.

Saúde

Este seguro de saúde tem uma natureza mista, isto é, coloca ao seu dispor uma vasta rede de prestadores de serviços de saúde, cujo pagamento directo ao prestador é assegurado pela Açoreana, ficando apenas a cargo do cliente um pequeno co-pagamento por acto médico.
No entanto, poderá ter sempre a liberdade de escolha do médico, clínica ou hospital, fora da rede de prestadores, sendo, neste caso, posteriormente reembolsado das despesas do acto médico, nos termos previstos na apólice.

Ao subscrever o Açoreana Cuida+ terá direito a um cartão de saúde personalizado. Este cartão permite que o cliente seja identificado junto da Rede de Prestadores, facilitando um acesso rápido aos cuidados médicos e a todos os serviços do Açoreana Cuida+. Quando utilizar um serviço médico na rede, deverá apresentar sempre o seu cartão Açoreana Cuida+ e um documento de identificação com fotografia.

Este seguro disponibiliza-lhe uma linha de atendimento permanente, através do número 808 20 20 05, onde poderá ser informado dos médicos, clínicas ou farmácias mais próximas.

Deverão ser solicitadas autorizações prévias para determinados cuidados de saúde ou actos médicos, realizados Dentro ou Fora da rede de Prestadores Clínicos, nomeadamente:
- Hospitalização, Cirurgia, Tratamentos de Fisioterapia, Tratamentos de Quimioterapia, Terapia da Fala e Próteses.

Em caso de Hospitalização e/ou Cirurgia, a pré-autorização deverá ser solicitada com antecedência de mínima de oito dias úteis. Se por uma situação de urgência, devidamente comprovada, não for possível requerer antecipadamente a pré-autorização, deve solicitá-la no prazo máximo de vinte e quatro horas a contar da ocorrência.

Se algum dos actos médicos acima descritos for prescrito:

Por um Médico da Rede de Prestadores de Serviços Clínicos da Advancecare: a pré-autorização será pedida pelo médico que faz a prescrição, não tendo o cliente que se preocupar com este procedimento;

Por um Médico fora da Rede de Prestadores: é a Pessoa Segura que deverá solicitar a pré-autorização através da linha 808 20 20 05, Opção 2. A pré-autorização será rapidamente emitida e enviada ao seu cuidado, para que possa realizar o acto médico com a garantia de comparticipação do Seguro de Saúde.

O prazo limite para entrega das despesas é de 120 dias (180 dias para despesas pré-comparticipadas), a contar da data da sua ocorrência.

Deverá ser solicitado um pedido de reembolso personalizado (com todos os dados da pessoa segura), através da linha Açoreana Cuida+ (808 20 20 05).

A documentação a enviar para reembolso de despesas ao abrigo do seguro de saúde é a seguinte:

Despesas Pré-Comparticipadas: Cópia das despesas efectuadas e cópia da declaração do Subsistema, acompanhadas do pedido de reembolso personalizado. Nas situações em que a despesa diz respeito apenas a um acto médico pode ser enviado o extracto que apresenta o valor total de pré-comparticipação. Tratando-se apenas de um acto médico, o valor pré-comparticipado que consta no extracto dirá respeito, exclusivamente, a este.

Despesas Não Comparticipadas: Original das despesas efectuadas e prescrição médica, acompanhadas do pedido de reembolso personalizado.

Os actos médicos sujeitos a pré-autorização, uma vez que os mesmos tenham sido efectuados ao abrigo do Subsistema, ficam sujeitos a validação clínica e contratual, caso não estejam ao abrigo do subsistema deverão ser observados os procedimentos do ponto seguinte.

Dentro da Rede Advancecare:

Após consulta ou acto médico através da Rede Advancecare, deve ser efectuado o pagamento do valor relativo à percentagem não comparticipada pela seguradora. 

Fora da Rede Advancecare:

Após consulta ou acto médico efectuado, deve ser pago o valor da despesa, e enviado o recibo para comparticipação da seguradora, seguindo os procedimentos para reembolso de despesas.
 

Dentro da Rede do Subsistema (Regime Convencionado):

Após consulta ou acto médico efectuado, deve ser pago o valor da despesa, e enviado o recibo para comparticipação do subsistema. O remanescente poderá ser enviado para comparticipação da seguradora, seguindo os procedimentos para reembolso de despesas referidos mais à frente.

Fora da Rede do Subsistema (Regime Livre):

Após consulta ou acto médico efectuado na Rede do Subsistema, deve ser pago o valor relativo ao co-pagamento e enviado o respectivo recibo para reembolso ao abrigo do seguro, seguindo os procedimentos para reembolso de despesas.
 

De acordo com art.º 74, do EBF, em 2011, são dedutíveis à colecta do IRS 30% dos prémios de seguros ou contribuições pagas a associações mutualistas ou a instituições sem fins lucrativos que tenham por objecto a prestação de cuidados de saúde que, em qualquer dos casos, cubram exclusivamente os riscos de saúde relativamente ao sujeito passivo ou aos seus dependentes, pagos por aquele ou por terceiros, desde que, neste caso, tenham sido comprovadamente tributados como rendimento do sujeito passivo, com os seguintes limites:


• Tratando-se de sujeitos passivos não casados / separados judicialmente de pessoas e bens, até ao limite de € 85.
• Tratando-se de sujeitos passivos casados e não separados judicialmente de pessoas e bens, até ao limite de € 170.
• Por cada dependente a cargo do sujeito passivo, os limites das alíneas a) e b) do número anterior são elevados em € 43.

Vida/Acidentes Pessoais

O direito às prestações conferidas por esta cobertura está limitado aos sinistros ocorridos:
• No exercício da caça, em tempo e local legalmente autorizado para o efeito.
• Quando expressamente se disponha nesse sentido, no decurso de uma viagem que tenha por fim a prática da actividade venatória.
Para os clientes com idades até 45 anos e na contratação de capitais inferiores ou iguais a 150.000,00€, a aceitação do seguro é feita mediante assinatura de declaração de saúde.
Para capitais superiores a 150.000,00€ e até 250.000,00€, clientes com idades até aos 45 anos, terão apenas de preencher o questionário clínico da proposta.
Se o cliente tem entre 46 anos até aos 55 anos e pretenda contratar um capital até 150.000,00€, com o Açoreana Vital, terá apenas de preencher o questionário clínico da proposta.
Na anuidade do contrato pode propor a alteração do montante do capital seguro (dependendo do montante do aumento poderá ser necessário realizar exames médicos), a periodicidade de pagamento ou a alteração de coberturas complementares.

O pagamento do prémio pode ser efectuado através do mediador, nos balcões das Delegações e por débito em conta bancária do tomador de seguro.

Em caso de morte da pessoa segura, durante o período de validade do certificado individual, verificar-se-á o pagamento do:

   • capital seguro, se não tiver sido accionada a cobertura de Doenças graves (Classic ou Premier);

   • capital seguro deduzido do montante já liquidado ao abrigo da cobertura de Doenças graves (Classic ou Premier), se esta tiver sido accionada anteriormente à cobertura de morte.

Em caso de doença grave da pessoa segura, durante o período de validade do certificado individual e no caso de ser diagnosticada à pessoa segura qualquer das doenças graves definidas nas condições contratuais, verificar-se-á o pagamento do capital seguro da cobertura de doenças graves. Este montante será deduzido ao valor seguro da cobertura principal (risco de morte) que se manterá em vigor pelo capital excedente.

Em caso de invalidez total e permanente (ITP) da pessoa segura, durante o período de validade do certificado individual, verificar-se-á o pagamento do capital seguro da cobertura de invalidez total e permanente com a consequente anulação da adesão.
Em caso de invalidez total e permanente por acidente da pessoa segura, durante o período de validade do certificado individual, verificar-se-á o pagamento do capital seguro da cobertura de invalidez total e permanente por acidente com a consequente anulação da adesão
Em caso de sinistro deve ser contactada a Linha Açoreana Assistência 24 cujo contacto é 707 200 116, em Portugal, e +351 707 200 116, no estrangeiro.
Porque é obrigatório, mas sobretudo para que possa desfrutar do prazer do exercício da caça, salvaguardado dos riscos inerentes a esta actividade.
O Prémio do seguro varia consoante a idade actuarial da Pessoa Segura, das garantias subscritas e do capital seguro.
O prémio mínimo é 25 € e o seu pagamento pode ser anual ou fraccionado (semestral, trimestral ou mensalmente).
O(s) beneficiário(s) são indicados pelo Tomador de Seguro no momento da subscrição, que poderá proceder a sua alteração sempre que desejar.
Sim, através da cobertura complementar de Incapacidade Temporária, poderá receber um subsídio diário que varia de acordo com a opção de capital escolhida.
Através da subscrição da cobertura Cães de Caça, tem a garantia de, até ao limite do capital fixado nas Condições Particulares, ser ressarcido dos danos decorrentes da morte ou ferimento dos cães de caça de propriedade do segurado em resultado de disparos efectuados no exercício da caça pelo próprio segurado. A cobertura abrange unicamente os animais expressamente identificados nas Condições Particulares da apólice. No caso de ferimentos, a cobertura abrange as despesas com o tratamento até ao valor seguro do animal sinistrado.
Clique para listar as tarefas